O que fazer em Chartres, uma linda cidade histórica perto de Paris

O que fazer em Chartres, uma linda cidade histórica perto de Paris

Que tal aproveitar a sua estadia em Paris para conhecer outras cidades da França? É muito fácil e barato para fazer um bate-volta em alguma cidade fofa nos arredores da capital francesa. Uma delas é a cidade de Chartres que fica a uma hora de Paris, saindo de trem, e tem muitas coisas legais para visitar em apenas um dia.

Visitei Chartres e fiquei encantada com as construções pitorescas, as ruazinhas sinuosas (lembram as ruas de Montmartre), as casas antigas às margens do canal, e sem falar dos lindos vitrais das igrejas.

Ficou com vontade de conhecer? Então vem comigo que eu montei um guia para você descobrir Chartres. 😉

 

centro-chartres

A CIDADE DE CHARTRES

Com menos de cinquenta mil habitantes, Chartres é uma cidadezinha, a uns 90 km de Paris, muito charmosa e que conserva várias construções dos séculos passados.

O ponto principal é a Catedral de Chartres, declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO, construída entre os séculos XII e XIII.

Contudo, Chartres não possui apenas construções antigas, a cidade faz parte do “Cosmetic Valley”, região onde estão instaladas várias fábricas de cosméticos e perfumes. Além disso, o centro de Chartres é cheio de restaurantes, bares e lojinhas.

 

O QUE VISITAR EM CHARTRES EM UM DIA

Para facilitar a sua vida, assim que chegar em Chartres, vá até o Posto de Turismo (l’Officiel de Tourisme). Lá você receberá um guia com muitas informações (em português) e, o mais importante, um mapa da cidade.

Também pode pegar algumas dicas com os funcionários que são super simpáticos.

catedral-notre-dame-chartres

 

1) CATEDRAL DE NOTRE-DAME DE CHARTRES

Além de ser o ponto turístico mais famoso, a Catedral de Chartres (Cathédrale de Notre-Dame de Chartres) é também o ponto mais alto da cidade e uma das igrejas góticas mais importantes da Europa. A Catedral fascina tanto pela sua arquitetura, quanto pelos seus vitrais maravilhosos.

E falando em vitral, a igreja abriga a mais antiga coleção de vitrais da França. São tão importantes que foram retirados  durante a Segunda Guerra Mundial e recolocados posteriormente.

Eu fiquei encantada com todos os detalhes da igreja e os vitrais enormes. Quando vejo construções assim, sempre fico pensando como eles conseguiam fazer coisas incríveis sem a tecnologia de hoje.

Mas os detalhes não param por aí. A Catedral foi toda destruída, em 1194, durante um incêndio do qual sobreviveu apenas a cripta e a fachada ocidental. Então foi reconstruída em cima da antiga igreja com estilo romano, a qual já estava em cima de um poço celta. Em 1260, foi inaugurada novamente, mas desta vez com um estilo gótico. Hoje, é aberta ao público, para missas e visitas.

 

Labirinto Circular

Outra grande atração é o labirinto inscrito no chão da nave, o qual simboliza a peregrinação à Terra Santa. Todo feito de calcário branco e preto, é um dos poucos labirintos medievais que permanecem até hoje.

 

torre-catedral-notre-dame-chartres

Torre da Catedral de Chartres

Para chegar até o topo, você vai precisar encarar muitos degraus (300), em uma escada estreita e em formato de caracol. É de ficar com as pernas bambas! Mas superando essa parte, você terá uma vista única da cidade toda.

Agora, se você tem problemas com altura, nem tente subir! Falo por experiência própria. Meu marido tem problemas com altura, mas como eu queria subir, ele topou ir junto.

Compramos os ingressos e começamos a saga das escadas, onde não dá pra parar no meio do caminho porque é realmente bem estreito (ou você sobe ou desce). Já tínhamos subido bastante, mas ainda faltava um pouco para chegar no lugar mais alto.

Então fizemos uma pausa para recuperar o fôlego em uma parte fora das escadas e que já dava pra ver um pouco da vista. Neste momento meu marido não se sentiu bem e eu tive um pouco de vertigem (mas iria até o fim). Porém, resolvemos desistir (não estava querendo ficar viúva tão cedo rs).

Entrada: 5,50€

Horários: De segunda a sábado, das 9h30 às 12h30 e das 14h às 18h*. Aos domingos, das 14h às 18h

*Entre setembro e abril, fica aberto até às 17h30.

 

cripta-catedral-chartres

Cripta

A Cripta foi um dos lugares que eu mais gostei em Chartres. Gostei tanto que é até difícil escolher por onde começar. Mas inicio avisando que só é possível conhecer através de visita guiada, em francês.

Honestamente, não gosto muito de visita guiada porque me sinto limitada, mas neste caso foi totalmente válido. Sem uma pessoa contando a história toda, talvez eu não tivesse gostado tanto.

A primeira coisa que você deve saber é que a Cripta é na verdade a antiga Catedral que foi construída no estilo romano, em cima de outra igreja (Confuso, mas é isso mesmo). Durante a visita é possível ver uma coluna dessa primeira igreja, construída na Idade Média.

Outro item interessante é o poço celta, feito antes de Cristo. Com 35m de profundidade, tem a parte superior redonda e o fundo quadrado, com cada lado voltado para um ponto cardeal. Segundo os celtas, era um poço mágico.

Ainda na Cripta, você vai ver capelas com vitrais, a Notre Dame Sous Terre (Uma Nossa Senhora que me chamou atenção por estar olhando para baixo) e também uma relíquia sagrada, o manto que acreditam ser da Virgem Maria.

Entrada: 3€

Horários: Visita guiada às 11h e às 16h15

 

igreja-st-aignan-chartres

2) IGREJA DE ST-AIGNAN

Uma igrejinha muito fofa (mega antiga) que foi reconstruída no século XVI. Por fora, parece ser um pouco simples, mas por dentro a Igreja de St-Aignan (Église de Saint-Aignan) é muito linda, cheia de afrescos renascentistas e alguns elementos góticos, como o portal principal que é do século XIV.

 

 

igreja-st-Pierre-chartres

3) IGREJA DE ST-PIERRE

Bem maior que a igreja de St-Aignan (Église de Saint-Pierre), mas não tão bonita quanto.

Contudo, é uma igreja bem antiga do século XI que ainda preserva elementos do estilo gótico e belos vitrais do século XIV.

A igreja não parece ser muito frequentada (quando visitei não tinha ninguém), mas super recomendo uma visitinha para admirar os vitrais que ficam ainda mais bonitos quando estão iluminados pelo sol.

museu-vitral-chartres

 

4) CENTRO INTERNACIONAL DO VITRAL

Do ladinho da Catedral de Chartres, o Centro Internacional do Vitral (Centre International du Vitrail) guarda os segredos da arte do vitral, tanto contemporâneo como antigo, e também oferece cursos, palestras e workshops com todas as fases da criação de vitrais.

Como já tinha visto muitos vitrais nas igrejas e não sou uma louca por vitrais, preferi não entrar. Porém, fica como sugestão caso você queira conhecer mais sobre essa arte medieval.

Entrada: 6,50€

Horários: Aberto de segunda a sexta, das 9h30 às 13h30 e das 13h30 às 18h • Aos finais de semana, das 14h30 às 18h

 

museus-belas-artes-chartres

5) MUSEU DAS BELAS ARTES

Instalado em uma antiga mansão de um Bispo, o Museu das Belas Artes (Musée des Beaux-Arts) me surpreendeu.

Pensei que não seria muito interessante, mas o museu abriga várias obras de arte moderna e antiga, incluindo trabalhos de Zurbaran, Chardin, Vlaminck e Soutine, uma coleção de arte da Oceânia e vários objetos dos séculos XVII e XVIII.

Além disso, o prédio é muito bonito, com vista para um jardim bem atrás da Catedral de Chartres.

Entrada: 3,40€

Horários: Aberto de terça a sábado, das 10h às 12h30 e das 14h às 17 • Aos domingos, das 14h às 17h

 

roteiro-chartres

OUTROS LUGARES EM CHARTRES

Musée de l’École – Um pouquinho mais afastado do centro da cidade, o Museu da Escola reúne móveis e materiais usados nas escolas de antigamente.

♦ Conservatoire du Machinisme et des Pratiques Agricoles (COMPA) – É o primeiro museu francês dedicado à agricultura. Você pode ver máquinas e ferramentas, além de saber mais sobre o processo agrícola de antigamente.

Porte Guillaume – Na verdade são os resquícios do antigo portão construído, para proteger a cidade de Chartres, o qual foi destruído pelos alemães em 1944.

Parte Baixa da Cidade – Passeio por uma área mais antiga com muitas casinhas fofas da Idade Média.

 

como-visitar-chartres

COMO CHEGAR EM CHARTRES

Para chegar em Chartres, saindo de Paris, é muito fácil e rápido. Você vai até a estação Gare de Montparnasse e pega um trem da empresa ferroviária SNCF. A duração da viagem é de uma hora, aproximadamente, e o preço da passagem sai 16 euros, cada trecho.

Você também pode alugar um carro (estradas A10 e A11) e deixar em um estacionamento da cidade. Entretanto eu acho o trem muito mais prático e você tem o mesmo conforto de um carro.

⇒ Importante saber: Você pode comprar o bilhete pela internet, mas precisa imprimir e validá-lo em algum ponto de autoatendimento (pequenas máquinas amarelas localizadas próximas da entrada das plataformas), antes de embarcar.

Durante a viagem, um fiscal vai passar conferindo e caso não tenha impresso, terá que pagar uma nova passagem e solicitar o reembolso quando chegar na estação de destino.

 

O QUE COMER EM CHARTRES

A cidade também é conhecida pela sua gastronomia, dentre elas o Mentchikoff, um doce feito de praline de chocolate coberto com merengue suíço; e o Cochelin, um bolo de massa folhada com a forma de um homem, podendo ser recheado com chocolate, framboesa ou marzipã.

Dica: Você vai encontrar o cochelin durante as festas de final de ano.

 

É isso! Se você ficou com vontade de conhecer ou já conhece Chartres e tem alguma dica para acrescentar, comenta aqui. =)

Bisous!

 

⇒ Leia também:

O que ver em Rouen: Roteiro pronto para um bate-volta de 1 dia

O que fazer em Reims: Guia prontinho para um final de semana!

Cidades francesas para fazer bate-volta saindo de Paris

12 respostas

  1. Adorei a matéria.
    Eu amo Chartres, minha filha mora na França e quase sempre que vou , dou um jeitinho pra ir dar um passeio em Chartres.
    Eu tenho uma miniatura da catedral, que comprei lá mesmo , e que eu todo dia focalizo.
    Eu , realmente, sou apaixonada por Chartres e pela catedral.
    Adorei sua matéria, pois não conheço tudo que você falou.
    Super obrigada
    Beijos
    Au revoir
    Valéria Cunha

    1. Oi, Valéria! Chartres é encantadora mesmo. Tbm quero voltar e passear mais por lá. =)

  2. Adorei a reportagem e como sempre vou a Paris todo ano quero conhecer essa cidade a 1 hora de Paris . Fiquei encantada com as dicas que vc deu . Obrigada .

    1. Vai visitar sim. Tenho certeza que vai amar Chartres. 😉

  3. Rafaela parabéns pelas ótimas dicas! Estamos montando nosso roteiro para Paris, com viagem em setembro, e com bate-volta até Chartres. Estou aproveitando suas indicações. Obrigada!

  4. adorei seu post, pretendo visitar Paris em outubro com meu marido e filho cacula e o post da todas as orientacoes e ainda dicas de docinhos que devem ser deliciosos ! obrigada

  5. Olá! Conheci o seu site há pouco. Gostei muito das dicas, já estive na França duas vezes a trabalho, mas em dezembro irei com minha filha adolescente. Há algum post sobre o Palácio de Versailles? Obrigado!

  6. Adorei a materia.Estarei em Paris em maio proximo e penso ir ate Chartres,porem partirei de Versalhes,vc sabe informar se existe trem direto de Versalhes?
    Grata,

    Sonia

  7. Olá Rafaela, estaremos de passagem pela cidade de Chartres, e gostaria de indicaçoes de onde posso comer com um bebê? e também se é fácil estacionar nas ruas da cidade. obrigada.

    1. Oi Janaina, tudo bem?
      Sobre estacionar nas ruas de Paris, não aconselho se locomover de carro pois dependendo de onde for, pode ter dificuldades para encontrar lugar para estacionar. Além disso, os estacionamentos pagos, não são muito baratos. Talvez seja mais interessante pegar um taxi ou Uber.
      Lugares para ir com bebê, confesso que não estou muito por dentro (ainda não tenho filhos hehe), mas recomendo o blog da minha amiga que é focado em Paris com criança: Parci Parla 😉

      Bisous!

Para dúvidas, comentários, sugestões ou só para dar um Oi mesmo:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *