Paris em 3 dias: Guia completo para iniciantes e cheio de dicas

Paris em 3 dias: Guia completo para iniciantes e cheio de dicas

Tudo certo com a viagem, mas ainda não sabe o que fazer em Paris em 3 dias? Vem comigo que eu te ajudo!! 😉 Para otimizar seu tempo, montei um roteiro onde você vai curtir Paris em 3 dias , sem perder nenhum dos principais pontos turísticos e ainda sentir um pouquinho como é a vida de quem mora na capital francesa.

 

PARIS EM 3 DIAS – PRIMEIRO DIA

paris-em-3-dias-torre-eiffel

MANHÃ

Geralmente, os vôos diretos chegam no período da manhã. Mas se você tem escala ou vem de outro país da Europa, isso pode variar. Então para facilitar, vou considerar que você teria três dias cheios, ou seja, manhã, tarde e noite.

Sendo assim, a ideia é ir logo pela manhã ver a nossa querida Torre Eiffel – a estação de metrô mais próxima é a Trocadéro. Nesse horário, tem menos turistas para atrapalhar a sua foto e menos fila, caso queira subir até o topo da dama de ferro. Falando em subir, a dica é comprar os ingressos com antecedência no site oficial.

Depois de aproveitar bem, você tem duas opções para ir ao próximo destino que é a ponte mais linda de Paris. Então você pode ir caminhando, cerca de vinte minutos, até a Ponte Alexandre III ou pegar um ônibus (63) e chegar em treze minutos na parada Invalides.

paris-em-3-dias-louvre

TARDE

Depois de ver a Ponte Alexandre III, pode caminhar em direção à Place de la Concorde, uma das mais famosas e palco de importantes acontecimentos da história da França. Do lado, está a entrada do Jardin des Tuileries, onde você pode descansar as pernas e tomar um sorvete em formato de flor bem gracinha da Amorino. Ou se estiver frio, um vinho quente que vende nos quiosques.

Para almoçar nesta região, não faltam opções. Uma sugestão é a tradicional casa de chá Angelina. Inaugurada em 1903, possui um chocolate quente maravilhoso e várias guloseimas de comer rezando, além de um menu com sanduíches gostosos, saladas e pratos para almoçar.

Próxima parada é o Museu do Louvre, considerando que você também comprou os ingressos pela internet para evitar filas. Pois um dos museus mais famosos do mundo sem filas é praticamente impossível. Reserve pelos menos umas duas ou três horas para a visita, focando nas principais obras e em algo a mais que você tenha interesse (eu amei a parte sobre o Egito). Para saber onde está cada obra, pegue o mapa na entrada – em versão português – e vá se guiando por ele porque o museu é realmente grande.

 

paris-em-3-dias-galeries-lafayette1

 

NOITE

Finalizada a sua visita no Museu do Louvre, pode seguir pela Rue de Rivoli para chegar na Place Vendôme, praça onde foram gravadas cenas do filme “O Diabo Veste Prada”. De lá, ande pela Rue de la Paix e em cinco minutos você verá o belíssimo prédio da Ópera Garnier. Logo atrás, está a loja de departamentos Galeries Lafayette para você se encantar  com o seu interior e a cúpula de vidro. Você pode acabar o dia fazendo umas comprinhas e comendo por ali mesmo.

 

 

PARIS EM 3 DIAS – SEGUNDO DIA

paris-em-3-dias-montmartre

 

MANHÃ

Sugiro começar o segundo dia pegando um metrô para ir direto ao bairro mais charmoso de Paris, Montmartre. O ponto principal é a Basílica Sacre-Coeur, mas esse bairro tem muito para ser visto. Por isso, vá caminhando sem pressa, observando os detalhes das ruazinhas bucólicas que te levam até o topo da colina, onde está a Basílica toda branquinha e linda.

Você não pode deixar de passar pela Place du Tertre, também conhecida como praça dos artistas, e o Le Mur des Je t’aime, um muro onde tem escrito “Eu Te Amo” em vários idiomas. Nem deixar de fazer alguns cliques em frente ao famoso cabaré Moulin Rouge. E se for fã do filme “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, pode dar um pulinho até o Café des Deux Moulins, local onde a personagem Amélie trabalhava.

É uma região muito ativa então não vai ser difícil encontrar opções para comer e beber. Alguns clássicos são: Le Moulin de la galette e Terrass Hôtel. Ainda tem o Lux Bar, La Taverne de Montmartre (uma boa pedida para provar pratos típicos do inverno) e o Le Progrès.

 Montmartre: Guia perfeito para um dia no bairro mais charmoso de Paris

 

paris-em-3-dias-arco-triunfo

TARDE

Após explorar essa região, é hora de pegar um metrô, na estação Blanche (linha 2), para ir até mais um ícone de Paris, o Arco do Triunfo – é possível subir até topo (12€) e ter uma vista privilegiada da cidade e da Torre Eiffel. Na sequência, caminhe por uma das avenidas mais famosas do mundo, a Avenue des Champs-Élysées, onde você encontrará a lindíssima loja da Louis Vuitton, bares e cafés, restaurantes e a Ladurée, com seus clássicos macarons.

Chegando próximo da estação de metrô Champs-Élysées Clemenceau, é hora de chegar no bairro mais descolado de Paris, Le Marais. Basta pegar o metrô (linha 1) em direção à estação Hôtel de Ville.

 

paris-em-3-dias-marais

NOITE

A região do bairro Le Marais é super animada, com opções para todas as idades e estilos. É um dos meus bairros favoritos. Quer saber o motivo? É uma área super eclética e diversificada. Andando pelas ruas, é possível encontrar arquitetura clássica e contemporânea, lojas de luxo e locais, galerias de arte moderna e muitas opções de bares, cafés e restaurantes.

Dois lugares que merecem a atenção são: Centro Pompidou com a sua arquitetura polêmica e a Place des Vosges, a praça mais antiga de Paris e a primeira a ser planejada. Sobre onde comer e beber, alguns lugares que recomendo são: Chez Janou, La Droguerie du Marais, Breizh Café e restaurante Beaucoup.

Le Marais: Tour pelo bairro mais descolado de Paris

 

PARIS EM 3 DIAS – TERCEIRO DIA

paris-em-3-dias-luxemburgo (1)

MANHÃ

No último dia de Paris, recomendo começar o dia tomando um café no Café de Flore ou no Les Deux Magots. Situados um ao lado do outro no bairro Saint-Germain-des-prés, esses dois cafés são clássicos franceses e, ao longo de sua história, já foram frequentados por intelectuais importantes e artistas famosos, tais como: Pablo Picasso, Jean-Paul Sartre e Albert Camus.

Depois do café, você poderá passar na Citypharma, uma das farmácias mais baratas de Paris, e repor o estoque de cosméticos – os preços valem muito a pena – ou simplesmente caminhar de forma despretensiosa nessa área que é muita charmosa.

A segunda parada é no Jardin du Luxembourg para descansar as pernas. O jardim pertence ao Senado da França, mas a entrada é aberta ao público e gratuita. Além de possuir uma ótima infraestrutura, com cadeiras, banheiros espaço para as crianças e quadras de jogos; o jardim é praticamente um museu a céu aberto, cheio de esculturas.

 

paris-em-3-dias-notre-dame

TARDE

No período da tarde, você poderá explorar o Quartier Latin, região intelectual de Paris. Saindo do Jardin du Luxembourg, pode seguir em direção ao Panthéon, um monumento em estilo neoclássico onde estão sepultados grandes nomes. Jean-Jacques Rousseau, René Descartes e Victor Hugo são apenas alguns nomes.

Esta região é um prato cheio para quem gosta de literatura, pois há várias livrarias e “sebos”. Caso tenha interesse em conhecer a tradicional Universidade Sorbonne, ela está nos arredores do Panthéon.

Continuando a caminhada, você encontrará a Fontaine Saint-Michel, uma fonte muito bonita e cheia de detalhes para serem observados. Na sequência, está a Shakespeare & Co. Esta antiga livraria inglesa já serviu de cenário para vários filmes, como “Before Sunset” e “Midnight in Paris”.

Atravessado a ponte, você chegará à Catedral Notre-Dame, outra parada obrigatória e uma das mais antigas igrejas da capital francesa. Você não paga nada para entrar na igreja, apenas para subir até o topo. A catedral fica na Île de la Cité onde você também pode passear. Inclusive, na outra ponta da ilha tem a Place Dauphine que é uma fofura e uma praça super tranquilinha.

 

paris-em-3-dias-seine

NOITE

Tanto no Quartier Latin quanto na Île de la Cité, ambos possuem boas opções para comer e beber. Alguns são: Ma Salle à Manger (Place Dauphine), Le Procope (café que já foi frequentado por Napoleão), Le Relais Saint Germain (famoso e precisa de reserva).

Para fechar a sua estadia em Paris, recomendo fazer um passeio de barco para ver os principais pontos turísticos de um outro ângulo.

Você pode pegar um Bateau-Mouche às margens do rio Sena, próximo a Catedral de Notre Dame ou do Hôtel de Ville e o ingresso custa 13.5 €. Uma vantagem do barco é que, uma vez com o bilhete, ele não tem limite de embarque e desembarque durante um dia.

 

ONDE COMER E BEBER

Chez Janou – Um típico restaurante francês com delícias da região provençal. Aberto todos os dias, dia e noite, o Chez Janou serve pratos com preços justos e um mousse de chocolate maravilhoso. 2 Rue Roger Verlomme, 75003

L’Ami Jean – Um bistrô parisiense com mais de 15 anos, hoje está entre os melhores restaurantes francês, segundo o TimeOut Paris. O L’Ami Jean oferece pratos franceses a partir de 20€. 27 rue Malar, 75007

Breizh Café – Localizado no bairro “Le Marais” serve deliciosas crepes acompanhadas de uma das 15 cidras artesanais. Também serve outras iguarias da gastronomia francesa e da região da Bretanha. 109 rue Vieille du Temple, 75003

Castor Club – Um bar com a fachada discreta, mas com ambiente interno super intimista e com bons coquetéis. Uma sugestão é pedir o “Turkish Delight” (13€), com pisco, creme de pistache, goma de acácia, limão e cardamomo. 14 Rue Hautefeuille, 75006

 

roteiro-paris-3-dias-chez-janou roteiro-paris-3-dias-lami-jean roteiro-paris-3-dias-breizh-cafe roteiro-paris-3-dias-castor-club

 

ONDE FICAR EM PARIS EM 3 DIAS

Generator Paris Hostel – Hostel com boa localização e bem limpinho. Alguns quartos dispõem de terraço privativo com uma linda vista da cidade. É possível encontrar diárias a partir de 23€.

Hotel Crayon – Localizado ao lado do Museu do Louvre, é um verdadeiro achado no meio dos hotéis de luxo. Com diárias a partir de 97€, possui quartos pequenos, mas aconchegantes.

Hotel Mayet – Possui várias opções de quartos e uma decoração moderna. Está muito bem localizado, perto de vários bares e restaurantes. Diárias a partir de 115€.

⇒ Hotéis baratos em Paris: Os melhores com diárias de até 120€

⇒ Airbnb Paris: Seleção com os melhores apês por até 90€

 

QUANDO IR À PARIS

O ideal é planejar a viagem à Paris na primavera (de abril a junho) ou no outono (entre setembro e outubro. São estações mais agradáveis, com temperaturas mais amenas – nem tão frio e nem tão calor. No verão parisiense, os dias são mais longos e as temperaturas podem subir bastante, passando dos 35 graus. Enquanto no inverno, pode ter temperaturas abaixo de zero e dias chuvosos.

Entretanto se você adora o tempo frio, o mês de dezembro é o ideal. Pois além do clima, você tem como brinde a decoração natalina que é linda. Sem contar nos pratos típicos de inverno que você vai ter para provar.

⇒ Como é o clima em Paris e ideias para vestir em cada estação do ano

 

DICAS PARA 3 DIAS EM PARIS

giphy-2

– A melhor forma de explorar a cidade ao máximo é passeando a pé. Por isso coloque na mala roupas e sapatos confortáveis. E, claro, apropriados para cada estação do ano.

– Desapegue da dieta e experimente um legítimo croissant francês, queijos, vinhos e o que mais tiver vontade.

– Caso prefira usar o transporte público para se locomover, você tem o metrô e o ônibus como boas opções. Para passear em Paris em 3 dias, a dica é comprar carnet (um pacote com 10 tickets) para economizar.

– Os aplicativos Foursquare e TripAdvisor podem te ajudar a encontrar lugares para comer e beber. Eu adoro!

 

 

Agora me conta o que achou do roteiro para conhecer Paris em 3 dias? Tem alguma dica a mais para compartilhar? Quero saber! 🙂

Bisous!

12 respostas

  1. Olá fenomenal suas dicas…
    Estou indo amanhã para Paris…dia 14.11
    Sou de Curitiba e me chamo Caroline.

    Está muito frio e chuvoso ai…se for.igual Curitiba não será muito.diferente aqui o clima esta terrível nem .parece q estamos próximo.ao verão kskskks
    Mega ansiosa…
    Bjinhos

    1. Oi Caroline!! Se você é de Curitiba não vai estranhar o clima que está agora. Sou do Paraná também e te falo, tá bem parecido com o inverno em Curitiba. Seja bem-vinda a Paris, querida! Bisous ?

  2. Bom dia Rafaela!
    Muito obrigada mesmo!por essas dicas maravilhosas, que valem ouro para quem vai a Paris pela primeira vez!
    Irei na primavera e gostei do roteiro que você elaborou.Um abraço cheio de gratidão!

  3. Amando suas dicas!!

    Estou indo em março, também queria saber só clima… Ainda muito frio? Muita chuva?
    Vc acha que vale a pena fazer o passeio pelo rio Sena, no jantar? Só terei 3 dias e meio em Paris!!

    Parabéns pelo Blog Rafaela, estou vendo tudo que preciso!

    Beijos

    1. Oi Priscilla! Fico mega feliz em saber disso! =)
      Olha, no mês de março o frio é algo mais ameno e as chuvas também não são tão frequentes.
      Mas mesmo assim é bom trazer casaco de frio pra garantir.
      Quanto ao jantar no barco, vale a pena sim! É uma ótima opção para ver Paris toda iluminada. 😉

      Bisous!

  4. Dicas anotadas Rafa!
    Quero muito ir no Palácio de Versalles também!! ????
    Bju

  5. Rafa, tudo bem?
    Estou indo em Maio na primavera, vou ficar na região 10 arrondissements Canal San Martin.
    Quando fechei não conhecia a região, sabe informar?

    Amando seu blog

    Bjs
    Bruna

    1. Oi, Bruna!
      Olha, a região do Canal St Martin é ótimaaa! Pode ficar hospedada sem medo.
      Fico feliz que esteja amando. ???? Volta sempre para conferir as novidades.

      Bisous!

  6. Ola Tudo bem?
    Adorei as dicas.
    Ficarei no hotel Avenir hotel montmartre… 800 metros da Gare du nord. Sabe informar sobre a região?
    Obrigada!!

  7. Oi Rafa, tudo bem?
    Comprei a passagem por impulso antes de pesquisar sobre o clima, pensando apenas na minha disponibilidade para viagem… vou para Paris em 14 de fevereiro/18 e estou muito receosa de ser uma viagem pouco proveitosa pelo tempo, vi que serão dias de frio e chuva 🙁
    Você sabe alguma alternativa? Sabe se consigo trocar a passagem e pagar a diferença? Comprei diretamente com a linha aérea.

    1. Oi Thais,
      Para troca de passagem, recomendo entrar em contato direto com a cia aérea. Agora, eu se fosse vc não trocaria não, pois as vezes o valor da diferença é quase uma nova passagem. =/
      Além disso, vc consegue aproveitar em qualquer época do ano. Tem muitas coisas para fazer em Paris durante o inverno e a chuva nessa época, parece mais uma garoa que chuvona mesmo.

      Tenho um post com algumas dicas para curtir Paris no inverno. 😉
      O que fazer no inverno em Paris e o que levar na mala

      Espero ter ajudado.
      Bisous!

Para dúvidas, comentários, sugestões ou só para dar um Oi mesmo:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *