Cidades francesas para fazer bate-volta saindo de Paris

Cidades francesas para fazer bate-volta saindo de Paris

Paris é com certeza uma das cidades francesas mais incríveis, mas isso não quer dizer que não tenha outras que merecem uma visitinha. Por isso selecionei algumas opções interessantes e que você consegue conhecer em um único dia. Todas, são cidades históricas e cheias de charme, claro.

Boa parte das sugestões eu já conheço, mas confesso que pedi uma ajuda à fontes super seguras – meu sogro e meu cunhado, ambos franceses – então pode confiar. 😉

Cidades francesas perto de Paris

cidades-francesas-chantilly

Chantilly

Distância de Paris: 50 Km

Lembra do luxuoso casamento do jogador Ronaldo com a modelo Daniela Cicarelli? Então ele aconteceu em um lindo castelo construído na cidadezinha de Chantilly, nos arredores da capital francesa. Construído na Idade Média, o castelo serviu de morada para várias famílias da nobreza e também foi usado como quartel na época da Primeira Guerra Mundial.

Atualmente, como propriedade do Instituto de França, está aberto para visitar suas instalações, inclusive a biblioteca onde está um dos maiores acervos de manuscritos.

Além da arquitetura, os seus jardins do castelo também são dignos de atenção. O lugar foi projetado pelo mesmo idealizador dos jardins do Palácio de Versalhes e o Jardin de Tuileries, então já imagina quão lindo é.

O ponto alto do lugar é o castelo, mas ainda há o hipódromo, onde acontecem importantes corridas de cavalos, um museu dedicado aos amantes de cavalos com espetáculos e tudo. Ah, claro, o legítimo creme chantilly que você encontra facilmente pela cidade.

◊ Como chegar: Pode pegar o trem expresso regional, conhecido como TER, que sai da estação Gare du Nord. O percurso dura em torno de 25 minutos e o bilhete sai 8,70€, cada trecho.

cidades-francesas-provins

Provins

Distância de Paris: 88 Km

Classificada como património mundial pela UNESCO, Provins é uma cidade charmosinha que conserva a arquitetura e o estilo pacato de séculos passados. Por estar situada no meio das antigas rotas comerciais, entre os séculos XII e XIII, Provins se tornou famosa por conta da sua famosas Feiras de Champanhe (Foires de Champagne).

Para mim, a melhor da parte do passeio é simplesmente caminhar pelas ruazinhas, observando os pequenos detalhes dessa cidade secular. Mas você também te alguns lugares para visitar, como: La Grande Aux Dîmes, local usado como um mercado durante a época das feiras de champanhe; La Tour César; bem como a parte subterrânea cheia de história, principalmente da época da Idade Média.

◊ Como chegar: Existe a opção de ir de trem, mas você precisa descer na cidade vizinha. Então eu sugiro ir de carro que fica mais fácil e o trajeto dura em torno de 1h15.

 

cidades-francesas-deauville

Deauville

Distância de Paris: 196 Km

Para quem curte uma vibe mais praiana, recomendo a cidade de Deauville, na região da Normandia. Além de uma grande extensão de praia, a cidade tem uma arquitetura que é uma gracinha. Local preferido pela aristocracia durante a Belle Époque, Deauville teve seus tempos de glória e era frequentada até por estrelas de Hollywood.

A cidade ainda mantém sua fama e ainda é buscada como um refúgio da elite. Inclusive, você vai se deparar com várias lojas de marcas de luxo, como Louis Vuitton (a loja é uma fofura). Também tem um casino que bomba.

Aproveitando a viagem, você pode atravessar o rio e visitar a cidade vizinha Trouville-sur-Mer. Ambas possuem bons lugares para degustar a gastronomia local e perfeitas para quem gosta de frutos do mar.

◊ Como chegar: Embora esteja um pouco mais distante de Paris, existe um trem expresso (TGV) para chegar mais rápido (2h aproximadamente). Você pega na estação Gare Saint-Lazare e o bilhete custa a partir de 15€/trecho.

 

cidades-francesas-Fontainebleau

Fontainebleau

Distância de Paris: 69 Km

O foco principal dessa cidade francesa é o Castelo de Fontainebleau. Um dos maiores palácios reais franceses e com afrescos lindos. O local foi residência da realeza e também de Napoleão Bonaparte, durante a Revolução Francesa. Foi nesse castelo que se passaram vários fatos históricos ligados à Bonaparte, como o Tratado de Fontainebleau e a sua abdicação do poder.

Além do palácio ser riquíssimo em história, o jardim é um encanto, assim como a floresta ao lado que fica ainda mais linda no outono.

◊ Como chegar: Pode ser de carro, em uma 1 hora você chega, ou de trem que sai da estação Gare de Lyon, sentido Montargis, Montereau ou Laroche Migennes. De lá, você pega um ônibus linha 1 direção Les Lilas, até a estação Chateau, e depois é só caminhar um pouquinho que você estará lá.

giverny-cidades-francesas

 

Giverny

Distância de Paris: 74 Km

A cidade de Giverny é bem pequenina, mas atrai muitos turistas (muitos orientais), por ser a cidade onde viveu o pintor Claude Monet. Em sua casa, o artista impressionista criou um belo jardim que serviu de inspiração para várias de suas obras.

A Fondation Claude Monet é composta pela casa de Monet e seus dois jardins maravilhosos: “Le Clos Normand” e “Le Jardin d’Eau”. O primeiro, faz parte do quintal da casa e possui centenas de espécies de flores – mas o que realmente chama a atenção (pelo menos para mim) são as tulipas de diversas cores. Já o segundo jardim, fica do outro lado da estrada, em um espaço que Monet adquiriu anos depois para criar seus próprios espelhos d’água. O lugar é todo inspirado nos jardins japoneses e serviu inspiração para a obra “As Ninféias”, ou Les Nymphéas em francês, entre outras.

Além da Fundação Monet, em Giverny, você pode visitar o Musée de Impressionnismes, a Église Sainte Radegonde, local onde está enterrado Claude Monet, junto com a sua segunda esposa e seu filho.

◊ Como chegar: Pode escolher alugar um carro ou pegar um trem da SNCF, descer na cidade vizinha Vernon e depois pegar um ônibus que te leva até Giverny. O trajeto de carro leva aproximadamente 1 hora e em torno de 1h30, se fizer trem + ônibus.

Giverny e os Jardins de Monet: Guia perfeito para um bate-volta

 

cidades-francesas-sceaux

Sceaux

Distância de Paris: 20 Km

A dica aqui é mais precisamente o Parc de Sceaux com 181 hectares e é maravilhoso, sobretudo na primavera e no outono. Faz parte do Château de Sceaux o qual é usado como uma museu e recebe diversas exposições durante o ano. Se não quiser enfrentar todo o mundo que tem no Palácio de Versalhes, esse lugar tem um jardim que não deixa a desejar.

◊ Como chegar: Você precisar pegar um RER B, em direção à St-Rémy-lès-Chevreuse, descer na estação La Croix-de-Berny e caminhar uns 15 minutos até o local. Para pegar o RER B em uma região central de Paris, você tem as estações: Châtelet – Les Halles, Saint-Michel – Notre-Dame e Luxembourg. O percurso todo dura uns 40 minutos.

 

cidades-francesas-Chartres

Chartres

Distância de Paris: 91 Km

Para quem procura um bate-volta mais histórico, a cidade de Chartres é uma ótima opção. O ponto alto é a Catedral de Notre Dame de Chartres, declarada patrimônio histórico pela UNESCO. Com um estilo gótico, a catedral foi construída entre os séculos XII e XIII, e é história pura!

Além da Catedral, há duas outras igrejas seculares que merecem uma visitinha: a Igreja de St-Aignan e a Igreja de St-Pierre. Ambas, são muito fofinhas e tranquilas para visitar.

Saindo do circuito igrejas, tem o Centro Internacional do Vitral que conta a historia dessa arte milenar, o Museu de Belas Artes interessantíssimo e as ruazinhas cheias de charme para caminhar de forma descompromissada.

◊ Como chegar: Você pega um trem na estação Gare de Montparnasse e a viagem dura, aproximadamente, 1 hora. O valor da passagem sai 16 euros, cada trecho.

O que fazer em Chartres, uma linda cidade histórica perto de Paris

cidades-francesas-rouen

Rouen

Distância de Paris: 135 Km

Fundada há muitos e muitos séculos atrás, Rouen é uma importante cidade da região da Normandia. É uma das várias cidades francesas com a arquitetura influenciada pelo estilo gótico. Inclusive, até hoje podemos ver essa influência em algumas igrejas da cidade, como na Catedral de Rouen.

Controlada pelos ingleses durante um certo período, Rouen foi o local onde Joana d’Arc foi aprisionada e executada. Devido a este fato histórico, existe um museu dedicado à este heroína.

Na cidade, você pode visitar vários museus, os mercados abertos, monumentos da Idade Média, Street Art. Ainda há vários parques para passear. Vale muito a visita!

◊ Como chegar: Você pode pegar um trem para Le Havre, chamado de Intercités, que sai da estação Saint-Lazare. A viagem dura pouco mais de 1 hora.

 

cidades-francesas-reims

Reims

Distância de Paris: 145 Km

Reims é também uma das cidades francesas históricas e com patrimônios da UNESCO. A cidade possui a Catedral Notre-Dame que é belíssima, além de vários outros monumentos interessantes. Mas recomendo mesmo esse bate-volta para que você possa conhecer a região onde são fabricadas as legítimas champanhes. A ideia é beber esse clássico direto da fonte, acompanhado de várias iguarias da região. Quer experiência mais única que essa? hehe

◊ Como chegar: Melhor opção é pegar um trem expresso (TGV), pois em menos de 1 hora, você estará em Reims. O trem sai da estação Gare de l’Est, em direção a Sedan, e você desce na estação Gare de Reims.

 

 

cidades-francesas-auvers-sur-oise

Auvers-sur-Oise

Distância de Paris: 33 Km

Associada principalmente ao pintor  Vincent Van Gogh, a cidade de Auvers-sur-Oise foi o local onde esse artista pós-impressionista viveu e pintou diversas obras. Embora de origem holandesa, Van Gogh foi enterrado no cemitério dessa cidade francesa, ao lado de seu irmão. Vale dizer que Auvers-sur-Oise também fez parte da história de vários pintores impressionistas. Charles-François Daubigny, Paul Cézanne, Jean-Baptiste Camille Corot e Camille Pissarro são alguns.

Além da Maison Van Gogh, há um museu dedicado à bebida absinto e todo o seu ritual de consumação, galeria de arte contemporânea, o Château d’Auvers, entre outros.

◊ Como chegar: Se for de trem, você pegará um Transilien H em direção à Pontoise, na estação Gare de Lyon, até Saint-Ouen-l’Aumône. De lá, é preciso pegar um segundo trem Transilien H, direção Creil, e descer na estação Auvers-sur-Oise. O trajeto todo leva um pouco mais de uma hora.

Tem alguma outra cidade fofinha e que rola fazer um bate-volta? Me conta nos comentários!! 😉

Bisous