Primavera em Paris: 10 ideias para acrescentar no seu roteiro

Primavera em Paris: 10 ideias para acrescentar no seu roteiro

A partir de março, os dias frios vão diminuindo e as plantas começam a brotar, dando mais cor e instalando a primavera em Paris. É hora de guardar os casacos pesados, pegar as blusas mais leves e aproveitar essa época delícia! Eu fico super animada e cheia de planos para curtir a estação mais florida do ano. E como tenho recebido mensagens de pessoas que vem à Paris nessa época, resolvi compartilhar algumas ideias que você pode incluir no seu roteiro.

Lembrando que já fiz um post com todas as informações sobre o clima em cada estação do ano e dicas do que vestir. 😉

⇒ Como é o clima em Paris e ideias para vestir em cada estação do ano

 

IDEIAS DO QUE FAZER EM PARIS NA PRIMAVERA

 

Fazer piquenique no parque

primavera-em-paris-piquenique

Com a chegada da primavera em Paris, começa a temporada de um dos programas favoritos dos parisienses, o piquenique. Durante esta época, o clima fica mais ameno e os dias são mais longos, e ideal para um encontro romântico, reunir os amigos e até para a diversão das crianças. Além de ser gostoso, é super fácil de organizar um piquenique parisiense: basta ir até algum mercado (Franpix, Carrefour, Monoprix, etc) e comprar baguete, queijos, frios e uma garrafa de vinho. Pronto! Depois, escolha o seu pedacinho de grama para curtir o final de tarde.

Confesso que talvez seja um pouco difícil escolher onde fazer piquenique com tantas opções em Paris. Então minha recomendação é o Parc des Buttes Chaumont que foge da rota turística – logo é mais tranquilo – e também tem uma linda vista da cidade. Outras sugestões são o Jardin des Tuileries, pertinho do Louvre, e a Place des Vosges, no Le Marais.

⇒Dica: Se você gosta de clichés, pode escolher o gramado de Champs de Mars, em frente a Torre Eiffel. Mas vá preparado para encontrar um lugar lotado de turistas e, talvez, só conseguir um pedaço de grama minúsculo.

1280px-parc_buttes_chaumont_paris_france_spring_2007

⇒ Leia também: Lugares para fazer piquenique em Paris (e dicas para organizar)

 

 

primavera-em-paris-velib

Passear de bicicleta pelas ruas de Paris

Paris possui uma geografia que facilita muito o uso de bicicleta, é uma cidade bem plana. Além disso, existe o Vélib’, um sistema público de bicicletas, o qual permite você alugar (e devolver) uma bicicleta em uma das mais de 1.400 estações. Para fazer uso deste serviço é bem fácil e barato: você vai até a estação de bicicletas mais próxima, faz todo o procedimento em um toten computadorizado e paga com um cartão de crédito com chip. Além de ver a cidade de um outro ângulo, a primeira meia hora de uso é gratuita. Caso você exceda a meia hora grátis, será cobrado 1 euro para mais 30 minutos, 2 euros para a segunda meia hora e 4 euros a partir da terceira meia hora.

Aviso: Não se esqueça de prestar atenção no trânsito e, para maior segurança, procure andar nas ciclovias.

 

 

Ver o pôr do sol às margens do Rio Sena

Na verdade existem vários lugares que você pode desfrutar de um belo pôr do sol. No entanto, recomendo às margens do rio Sena por ser uma área que ganha bastante animação durante a primavera e o verão. Pois com a desativação da rua para os carros, abriu espaço para bares, quiosques com música e até aquelas cadeiras espreguiçadeiras. Agora, bomba entre os parisienses!

primavera-em-paris-sena

Minha dica é fazer algo que eu sempre faço e adoro: Descer na estação Invalides, linhas 8 e 13, caminhar até a linda Ponte Alexandre III, descer as escadas até às margens do Rio Sena, comprar um vinho branco ou rosé, em um dos quiosques dali, e sentar bem na beira do rio mesmo. Assim, você conseguirá ver um pôr do sol maravilhoso, iniciar um apéro (aperitivo) e curtir essa vibe parisiense.

 

 

primavera-em-paris-rodin

Visitar a exposição do centenário de Rodin

Este ano completa 100 anos da morte de Auguste Rodin. Em memória do artista francês, acontecerão várias ações durante o primeiro semestre de 2017, dentre elas estão: exposições em alguns museus e uma edição limitada da moeda de 1 e 2 euros, com imagem de Rodin.

Caso não esteja lembrando, Rodin é o criador da famosa escultura “O Pensador”. Ele se tornou conhecido internacionalmente pelo seu estilo realista e moderno. Hoje existe um museu dedicado às obras dele, e com um jardim delícia para passear e perder umas horinhas. Inclusive, sugiro você primeiro visitar o Museu Rodin para conhecer um pouco da história e depois ver a exposição do centenário no Grand Palais, de 22 de março até 31 de julho. O valor para a exposição Centenaire Auguste Rodin sai 13€ e para visitar o Museu Rodin fica 11,30€.

Endereços: Grand Palais – 3 Avenue du Général Eisenhower, 75008 // Musée Rodin – 79 Rue de Varenne, 75007 

⇒ Leia também: Museu Rodin: Um dos museus mais bonitos da Cidade Luz

 

Beber um drinque em um rooftop

Durante a primavera em Paris, os rooftops, esquecidos no inverno, voltam a fazer sucesso entre os parisienses. O motivo é muito simples: vista maravilhosa da cidade, gente bonita e animada, música e bons drinks. Local perfeito para curtir um final de tarde entre amigos.

primavera-em-paris-rooftop

◊ Le Perchoir Marais – Localizado no animado bairro Le Marais, este bar cozy oferece aos seus clientes uma vista de Paris incrível e um menu com comidinhas e coquetéis sensacionais. Mas atenção! É preciso chegar cedo para garantir um bom lugar e evitar filas que podem ser longas e demoradas. [33 Rue de la Verrerie, 75004]

Leia também: Superlista! Restaurantes e bares em Paris com rooftop

 

 

primavera-em-paris-ruas

Caminhar por ruas bucólicas

É até difícil acreditar que uma das cidades mais turísticas possui cantinhos lindos, quase que desertos e sem turistas, não é?! Mas Paris tem várias ruas charmozinhas, com muito verde e muita cor. Ruas perfeitas para um passeio, principalmente na primavera, e milhares de fotos.

Algumas ruas que eu gosto bastante são: 1) Rue Crémieux, com prédios coloridos faz lembrar o bairro Notting Hill, em Londres; 2) Rue de l’Abreuvoir e Rue Cortot, são ruazinhas em Montmartre com casas e muros cobertos de videiras. No final da sinuosa Rue de l’Abreuvoir, perto da Place Dalida, rende uma linda foto, ou várias; 3) Passage l’Homme, é uma passagem pequena com rua de paralelepípedo, muito verde e algumas lojinhas.

 

 

primavera-em-paris-museu-perfume

Ter uma experiência olfativa no Museu do Perfume

Aberto ao público no final do ano passado (dez/2016), o Grand Musée du Parfum é o mais novo museu de Paris. Localizado próximo ao Opéra Garnier, promete uma experiência única aos visitantes. O museu está dividido em salas que contam a história dessa arte milenar, curiosidades e as essências usadas nos perfumes. Além de desvendar o universo do perfume, você pode pegar umas dicas para usar e conservar melhor o seu perfume. Vale muito a pena conhecer esse museu trendy, em qualquer época do ano. No entanto, durante a primavera em Paris, tem um plus: o museu abre os seus jardins para visitação.

Endereço: 73, rue du Faubourg Saint Honoré 75008 Paris

 

Se encantar com o jardim do Palácio de Versalhes

O interior do Palácio de Versalhes é lindo, mas o jardim é encantador durante a primavera e o verão. Pois nesta época, as proteções contra o frio são retiradas das esculturas do jardim o qual ganha mais vida com as tulipas de cores variadas e as demais plantas.

primavera-em-paris-versailles

 

 

Fazer um bate-volta nos arredores de Paris

Não é só Paris que fica encantadora durante a primavera. Muitas cidadezinhas nos arredores também ganham um charme especial nesta época. Tenho duas cidades lindinhas para recomendar:

 

primavera-em-paris-chantilly

◊ Chantilly

Cidade a menos de 1 hora de Paris, é conhecida por ter corridas de cavalos e um castelo que parece ter saído de um filme com reis e rainhas. Cenário do luxuoso casamento entre Ronaldo e Cicarelli, o castelo encanta pela sua arquitetura, o seu acervo de arte antiga e o seu jardim enorme e muito bonito. Apesar do nome, não foi nesta cidade que surgiu o chantilly, mas mesmo assim você pode provar em um dos restaurantes no jardim do castelo.

 

 

primavera-em-paris-giverny

 

◊ Giverny

A cidade onde viveu Claude Monet atrai muitos turistas, principalmente na primavera, que buscam conhecer a casa e o jardim do artista impressionista. O principal motivo é a paisagem bucólica, com muitas plantas e flores, lagos e pontes arqueadas, que inspirou Monet a pintar a obra “As Niféias” (as telas gigantes podem ser vistas no Museu de l’Orangerie).

Leia também: Giverny e os Jardins de Monet: Guia perfeito para um bate-volta

 

Sentar no terraço de um café

Os terraços são a marca registrada dos cafés parisienses. Não só pelo estilo, com mesinhas pequenas e bem próximas umas das outras, mas também por ser um lugar que você pode sentar, pedir um café e ficar ali tranquilamente, seja para ler um livro, conversar ou apenas observar a vida passar. É um programa para o ano inteiro, porém fica ainda melhor nas estações mais quentes, quando não há mais necessidade de proteções e aquecedores.

Encontrar um café com terraço não é nada difícil, em cada esquina tem um. Caso queira uma café mais intelectual, sugiro o conhecido Café de Flore e o Les Deux Magots, ambos no Boulevard Saint-Germain 75006. Para uma pegada mais local, tem o Le Bistrot des Dames (18 rue des Dames 75017), com um terraço gracinha no fundo do restaurante e pratos deliciosos.

primavera-em-paris-cafe

 

Curtir o mais novo parque de Paris

Em um espaço que era destinado aos carros, agora é exclusivo para os pedestres. Recentemente, foi inaugurado o Parc Rives de Seine, com 1.200 m² de gramado, árvores frutíferas, balanços, área para as crianças, restaurantes e lojinhas sustentáveis. Situado às margens do rio Sena, o parque tem como objetivo, além do lazer dos parisienses, diminuir a poluição e restaurar a fauna e flora que fazem tão bem para um rio. Eu adorei o lugar e super recomendo perder umas horinhas lá, fazendo vários nadas. 😉

 

 

Você gostou das ideias para curtir a primavera em Paris? Tem alguma outra ideia legal? Conta pra mim! 😉

Bisous!

 

⇒ LEIA TAMBÉM:

Le Marais: Tour pelo bairro mais descolado de Paris

Seleção de museus em Paris que você deve visitar (além do Louvre)

10 pratos da gastronomia francesa que você precisa experimentar

7 respostas

  1. Amei as dicas! Gostei da dica de onde ver o pôr do sol, na primavera estarei aí e com certeza vou seguir a risca. Bjos

  2. Oi, adorei as dicas, adoro Paris sem conhecê-la o que estou pensando em fazer em breve.
    Curto tudo de Paris, da França!
    Amo!

    1. Só digo uma coisa: vc não vai querer ir embora de Paris. Hehe
      A cidade apaixonante! Venha mesmo! ????

  3. Oi …estou indo á Paris dia 23/05.pela.1° vez…alguma dica???

    1. Oi Malu! A dica é você dar uma olhadinha nos posts do blog.
      Tem vários para quem vem à Paris pela primeira vez. 😉

      Bisous!

  4. Oi Rafaella, estou indo a paris em novembro. Vc faz serviço de guia para brasileiros ou indica algum?

Comentários estão fechados.