Super dicas de Paris para você embarcar com tranquilidade

Super dicas de Paris para você embarcar com tranquilidade

Resolvi fazer esse post para contar algumas dicas de Paris, especialmente, pra quem está planejando a primeira viagem à França. Mas também tem dicas para quem já conhece e deseja retornar à Cidade Luz. Afinal de contas, dicas vindas de alguém que vive em Paris nunca são demais. 😉

Neste post, você vai encontrar muitas dicas de Paris, dentre elas: informações importantes, condições de entrada na França, orientações para a mala, vocabulário de francês, golpes para evitar, aplicativos úteis e muito mais. Vem comigo, vem!

 

DICAS DE PARIS: INFORMAÇÕES IMPORTANTES

 

Idioma: Francêsdicas-de-paris-torre-eiffel

Moeda: Euro

Fuso Horário: Pode ser 3 ou 5 horas na frente do horário de Brasília. Depende da época do ano.

Voltagem: 230v (suporta aparelhos 220v)

 

◊ Telefones úteis em caso de emergência ◊

Polícia: 17

Ambulância: 15

Bombeiro: 18

Consulado-Geral do Brasil: (+33) 06 80 12 32 34

65, Avenue Franklin D. Roosevelt 75008 Paris

 

 

 

CONDIÇÕES DE ENTRADA NA FRANÇA 

Nós, brasileiros, podemos permanecer até 3 meses na França (exceto Guiana Francesa) ou em qualquer outro país do Espaço Schengen sem precisar solicitar um visto antes de sair do Brasil.

dicas-de-paris-passaporteItens Obrigatórios:

♦ Passaporte com, no mínimo, 3 meses de validade após a data de saída do território Francês;

♦ Passagens de ida e volta;

♦ Comprovante de estadia (reserva de hotel ou carta convite);

♦ Comprovante de renda (65€ por dia para cada pessoa ou 32,50€ por dia, se a pessoa for titular da carta convite);

♦ Seguro-saúde internacional (no valor mínimo de 30.000€ e que cubra todo o território Schengen).

 

◊ IMPORTANTE: Não dá pra saber como será o controle de imigração. Depende de cada oficial e seu respectivo humor. Então para garantir e evitar complicações, procure levar os itens obrigatórios impressos. Coloque tudo em uma pasta e leve contigo na bolsa ou mala de mão.

 

 

DICAS DE PARIS: MALA DE MÃO E DESPACHADA

dicas-de-paris-2

 

MALA DE MÃO

São as bagagens menores transportadas dentro da cabine do avião. Para voos domésticos, a mala não pode pesar mais que cinco quilos e não pode ultrapassar 115 cm, somando as três dimensões (comprimento, altura e largura). Para os voos internacionais, o limite depende das normas de cada companhia aérea.

dicas-de-paris-1A mala de mão é ideal para você guardar uma troca de roupa (no caso da mala despachada ser extraviada), dinheiro e documentos que vai precisar no controle de imigração, livros ou revistas para o tempo de viagem passar mais rápido, joias e outros bens de valor.

 

Itens permitidos

♦ Casaco, manta e travesseiros;

♦ Equipamentos eletrônicos;

♦ Guarda-chuva ou bengala (não pontiagudos);

♦ Líquidos (substâncias líquidas, pastas e em gel são permitidas em frascos de até 100 ml, os quais devem ser colocados em sacos plásticos de 20 cm x 20 cm);

♦ Medicamentos (líquidos são liberados com a prescrição médica);

♦ Itens comprados no Duty Free, incluindo bebidas e perfumes, são permitidos desde que estejam lacrados e com nota fiscal.

 

dicas-de-paris-mala

Itens proibidos

♦ Objetos pontiagudos ou cortantes (tesoura, alicate, canivete…);

♦ Líquidos inflamáveis, substâncias tóxicas, materiais corrosivos ou radioativos;

♦ Bebidas, cremes e xampus em frascos com mais de 100 ml;

♦ Equipamentos esportivos ou de lazer (ex. prancha).

 

⇒ Leia também: Como arrumar a mala de viagem: Passo a passo completo!

 

MALA DESPACHADA

Bagagens maiores registradas no check-in para serem transportadas no “porta-malas” do avião. O peso e o tamanho podem variar de acordo com o tipo de vôo e o país. No Brasil, geralmente, é permitido uma mala com até 23 kg para voos domésticos e até 64 kg, divido em duas malas de 32 kg, para voos internacionais. Contudo, é muito importante verificar no site da companhia aérea quais são os limites de acordo com o tipo de vôo, origem e destino da viagem.

dicas-de-paris-3Além das roupas e sapatos, existem outros itens permitidos e alguns proibidos. Para não ter erro, dá uma olhadinha na lista abaixo:

 

Itens permitidos

♦ Cosméticos e medicamentos;

♦ Equipamentos esportivos e de lazer;

♦ Carrinho de bebê dobrável;

♦ Equipamentos médicos;

♦ Objetos eletrônicos.

 

dicas-de-paris-mala

Itens proibidos

♦ Armas, réplicas ou imitações;

♦ Objetos pontiagudos ou cortantes;

♦ Substâncias químicas ou tóxicas;

♦ Lanterna a gás e iniciador de fogo;

♦ Skates elétricos (monociclos, overboards, etc) alimentados com baterias de íons de lítio.

 

DICA: A maioria dos passeios em Paris podem ser feitos a pé. Desta forma você não vai conhecer apenas os pontos turísticos, mas também um pouquinho da vida parisiense. Por isso, traga sapatos confortáveis e roupas apropriadas para cada estação do ano.

 

 

DICAS DE PARIS: VOCABULÁRIO BÁSICO DE FRANCÊS

Hoje em dia não é tão difícil encontrar um francês que saiba inglês. No entanto, não custa aprender algumas palavras e frases em francês para ser mais educado e gentil com eles. Imagine que assim como nós gostamos quando um gringo se esforça para falar em português, eles também vão gostar de ver você tentando se comunicar em francês (nem que seja para terminar falando em inglês). 😉

Pensando nisso, selecionei algumas das expressões e falas que salvam na hora do perrengue:

dicas-de-paris-7

 

Olá / Bom dia / Boa Tarde – Bonjour
Boa noite – Bonsoir
Tchau / Até logo – Au revoir
Muito Obrigado – Merci beaucoup
Por favor – S’il vous plaît
Muito Obrigado – Merci beaucoup
Desculpa – Pardon
De nada – De rien
Licença – Excusez-moi
Eu não falo francês – Je ne parle pas français
Você fala inglês? – Parlez-vous anglais?
Não entendo – Je ne comprends pas
Você pode repetir, por favor? – Répétez, s’il vous plaît?
Você pode me ajudar, por favor? – Pourriez-vous m’aider, s’il vous plaît?
A conta, por favor – L’addition, s’il vous plaît!
Onde fica o banheiro? – Où sont les toilettes?
Onde fica a saída?: Où est la sortie?
Desculpa, você poderia tirar uma foto? – Excusez-moi, pourriez vous me faire une photo?

⇒ Leia também: Vocabulário de francês essencial para não fazer feio em Paris

 

 

DICAS DE PARIS: APLICATIVOS ESSENCIAIS

♦ Welcome to Paris – Funciona como um guia sobre a cidade. Fornece informações, em inglês, sobre museus, atrações, mapas, comida, bares, etc. É bem completo.

♦ Paris Offline Map – Esse aplicativo permite que você veja o mapa de Paris sem estar conectado à internet.

♦ RATP – Aplicativo bastante usado por quem mora em Paris. É ótimo para saber informações sobre os transportes públicos, assim como rotas e horários. 

♦ Toilets in Paris – Com esse aplicativo, você consegue encontrar o banheiro público mais perto de você.

♦ MPASSPORT – Aplicativo para as emergências médicas. Possibilita que você busque os hospitais mais próximos e também ajuda com a tradução dos termos médicos em inglês.

⇒ Leia também: Conheça 16 aplicativos essenciais para uma viagem à Paris

 

 

DICAS DE PARIS: CUIDADO COM OS GOLPES

Paris é realmente uma cidade linda, com algo encantador em cada esquina. Não tem como não se apaixonar! Mas, infelizmente, nem tudo são flores e a capital francesa tem “defeitos”, como qualquer metrópole no mundo. Dentre eles, estão as pessoas que agem de má fé e se aproveitam dos turistas para ganhar dinheiro através de golpes. É preciso tomar cuidado!

Existem alguns golpes que são bem clássicos em Paris, principalmente em lugares mais famosos, como Montmartre e Torre Eiffel, por exemplo. Seguem os cinco mais comuns:

◊ Pickpockets: Os batedores de carteira não são uma novidade nas grandes cidades. Eles se aproveitam de um momento de distração da pessoa para furtar sua bolsa ou mochila. E não pense que isso só acontece com os turistas que dão bobeira, eles são tão rápidos que qualquer oportunidade, a menor que seja, já é suficiente para qualquer pessoa perder alguns euros ou ainda pior, passaporte, celular…

As áreas mais comuns são locais com grande concentração de pessoas, como metrô em horário de pico, filas, dentro dos museus e lugares turísticos tipo a Torre Eiffel.

 

◊ Anel de ouro: Chega a ser algo bobo, mas o pior é que tem gente que caí. Juro! Neste golpe, você está caminhando por uma rua, não necessariamente mega turística, e uma pessoa se agacha na sua frente e se levanta com uma aliança perguntando se ela é sua, daí você diz que não e essa pessoa começa a insistir para que você fique com a aliança de “ouro” em troca de alguns euros, pois será algo lucrativo para você e blá blá blá… Para fugir disso, diga que a aliança não é sua e saia andando sem nem pensar duas vezes.

 

◊ Abaixo-assinado: Esse é um dos golpes que eu mais vejo em Paris e que me irrita profundamente. Você está caminhando e de repente vem alguém te abordar para assinar uma petição em prol de não sei o quê, aí você diz que não, segue em frente e a pessoa vai caminhando do teu lado insistindo. Não adianta dizer que não fala francês, eles são poliglotas e vão tentando outros idiomas. Há ainda aqueles que se fazem de surdo-mudos e só ficam enfiando a petição em cima de você.

O fato é que se fosse uma petição de verdade, por uma boa causa, até vai. No entanto, eles só querem ganhar algum dinheiro ou ainda pegar seus dados, como nome e email, para vender. Então se aparecer alguém assim na sua frente, seja firme na hora de dizer não e vá embora, sem olhar para traz.

 

◊ Pulseirinha: Mais um golpe comum em Paris, bem como em outras cidades da Europa (já tentaram aplicar em mim na Itália). Funciona assim: mais uma vez você está andando todo maravilhado com Paris, principalmente em Montmartre, quando chega uma pessoa simpática oferecendo uma pulseira feita à mão. Uma vez que você aceitou o “presente”, terá que pagar pela pulseira que já está bem amarrada no seu braço. Eles não aceitam devolução, não te dão paz até você pagar e, alguns, podem se tornar agressivos. Por isso, viu algo parecido, desvie o caminho e passe longe.

 

◊ Ilusionistas: Aqui, uma pessoa está “brincando” com três copinhos e você precisa adivinhar em qual deles tem uma bolinha. Legal, né?! Seria se não houvesse o fato de que eles manipulam o jogo para você apostar e perder. Geralmente, tem algumas pessoas que estão apostando e ganhando, mas isso não é verdade, pois elas trabalham todas juntas e o objetivo é te deixar com vontade de ganhar “facilmente” alguns euros. Então você resolve apostar 50 euros em um copinho que você tem certeza que está a bolinha, mas na verdade eles a escondem entre os dedos e todos os copinhos estão vazios. Logo, adeus 50 euros… rs

Agora que você já sabe dos golpes mais tradicionais na Cidade Luz, por favor, não vai dar bobeira e cair em um deles, heim?!

 

 

OUTRAS DICAS DE PARIS

dicas-de-paris-9

 

♦ Beba água da torneira: Isso mesmo! A água da torneira em Paris é super boa para consumo e é servida gratuitamente (é lei) nos bares e restaurantes.

♦ Não jogue o bilhete fora: Enquanto estiver usando o transporte em Paris, mantenha o bilhete no bolso. Desta forma, você evita problemas com a fiscalização (frequente) e uma multa nada legal.

Não deixe o celular no hotel: Várias estações de metrô, praças e museus possuem wifi gratuito. Sem falar que a maioria dos bares e restaurantes disponibilizam a senha do wifi para os clientes.

♦ Moedas tem o seu valor: Em Paris, você recebe o seu troco certo. Mesmo se for um valor quebrado, como por exemplo 1,67. Da mesma forma que você também deve pagar o valor exato.

Compre ingressos com antecedência: A grande maioria das atrações turísticas permitem que você compre ingresso pela internet. Desta forma, você evita filas e ganha tempo para curtir mais.

♦ Coma sem culpa: Aproveite a sua estadia em Paris para experimentar as delícias da gastronomia francesa que é tão única, rica e exclusiva. Opções é o que não vão faltar para você provar.

♦ Veja os outros posts do blog: Tem post sobre os aeroportos de Paris, lugares para tomar chocolate quente, dicas do que fazer no inverno e o que levar na mala.

 

 

Espero que essas dicas de Paris sejam úteis e que você tenha uma viagem incrível!!

Se tiver alguma outra dica ou sugestão para acrescentar, deixa aqui nos comentários. 🙂

Bisous!

14 respostas

  1. Mais um post sensacional! Ótimas dicas. Sabia que qdo estive aí, uma cara de pau tentou aplicar o golpe do anel em mim?! A minha sorte é que eu sabia do golpe, nem deixei ela falar kkkk

    1. Mesmo Jana? Quem bom que vc já sabia do golpe pq muita gente cai. =/
      Pra mim, sempre aparece os falsos mudos querendo que assine um papel… muito chato! Mas paciência né!? hehe

      Beijos querida!

  2. Excelentes dicas! Estou apaixonada pelo seu insta. Vou a Paris pela primeira vez no final de janeiro de 2017. Seria muito bom dicas de hotel e vestuário. Bjus

    1. Oi, Claudia!! Ahh você não sabe o quanto fico feliz em saber disso. =)
      Já tenho post com dicas de hotel e do que levar na mala. Vou te mandar por email.

      beijos querida!

  3. Esse post está ótimo, assim como todos na verdade, estou ficando super por dentro, para quando chegar o dia eu esteja meio que preparada…rsrs espero não esquecer as dicas, afinal são muitas lendo o blog todo…rs

    1. Oi, xará! Amei saber que tá gostando dos post. =)
      Pra não esquecer nada, vai anotando tudo num caderninho hehe

      Bisous!

  4. Que delicia de blog, parabens Rafaela!!!
    Leitura agradável e direto ao ponto, amei!!!

  5. Olá , vou a Paris na primeira semana de setembro , 7 dias depois mais 7 distribuídos entre strasburgo, colmar , europark é uma cidade alemã próxima a este
    Encontrei um alemão que ma falou der escolhido a pior data , ia chover muito
    Fiquei triste, será que vou aproveitar algo ?
    ????

    1. Oi Cema, td bem?
      No mês de setembro chove menos que na primavera, mas a temperatura já começa a cair.
      De qualquer forma, sempre dá para aproveitar, é só ter um guarda-chuva que dá tudo certo. 😉

  6. Eu vi na frente do Louvre
    uma cena : aplicaram o golpe do abaixo assinado c uma prancheta para a moça assinar e um outro comparsa meteu a mão na bolsa da turista!!!

    1. Tem muita gente que cai no golpe… é péssimo! =/

  7. Rafaela,
    sua página é sensacional!! Estou indo em dezembro pela primeira vez e estou encantada com tudo que estou lendo por aqui!!!
    Obrigada!!!!

  8. Parabéns pela página Rafaela!!!
    Também sou paranaense, muito joia suas dicas e o breve resumo de sua história!
    Queria uma ajuda assim de quem esta indo para a cidade Luz pela primeira vez, rsrs
    Agora em dezembro ficarei 3 dias, não quero perder nenhum momento em filas, devo comprar o Museum Pass?
    Ele vale mesmo apresentando na entrada e pegando apenas fila de detector de metais, consigo comprá-lo assim que chegar no aeroporto CDG?
    Pretendo fazer Louvre, Arco do Triunfo, Notre Dame, Versailles e mais o que entrar na conta!
    Obrigada pela ajuda, bjs.

Para dúvidas, comentários, sugestões ou só para dar um Oi mesmo:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *