Bairros de Paris: Tudo que você deve saber antes de se hospedar

Bairros de Paris: Tudo que você deve saber antes de se hospedar

Procurando de informações de onde se hospedar em Paris? Então esse post é pra você! Neste post, falo sobre os bairros de Paris, as características de cada região e bairros que considero mais interessantes para reservar um quarto de hotel ou um apê de Airbnb.

Antes de começar, é importante você entender como a cidade está dividida. Isso vai facilitar as suas pesquisas por hospedagem. Os bairros de Paris são chamados de arrondissement. Ao todo, são vinte bairros e você os identifica olhando o final do código do endereço (o que seria nosso cep). Por exemplo, Paris 1 (ou 75001) é o 1º arrondissement.

Ou ainda, se estiver na rua, basta olhar para alguma placa de nome de rua. Sempre tem um número indicando o bairro que você está. É bem simples e fácil!

⇒ Por ser uma palavra grande, podemos reduzir arrondissement e dizer 2ème, por exemplo.

 

Mapa dos bairros de Paris 

Se você olhar com mais atenção vai notar que o mapa dos bairros de Paris tem o formato de um escargot. Desta forma, a distribuição dos bairros começa com arrondissement no centro do mapa e os demais espalhados, formando uma espiral/caracol.

mapa-bairros-de-paris

 

 

Rive Gauche x Rive Droite

bairros-de-paris-rive-droite-rive-gauche

Como o rio Sena atravessa Paris inteira, os parisienses costumam se orientar de acordo com a margem do rio. Sendo rive droite para o lado direito e rive gauche para o lado esquerdo do Sena.

Incialmente, essa divisão era algo muito mais social e cultural do que geográfico. Rive droite era considerada a região mais popular de Paris, onde moravam os trabalhadores, enquanto na rive gauche, estavam os intelectuais e aristocratas da época, principalmente no 5 e 6 arrondissement.

Com o tempo, essa divisão social foi mudando, mas os termos foram guardados e ainda são usados para se geolocalizar ou simplesmente para classificar o estilo de alguém como “rive gauche”.

Bairros de cada região:

⇒ Rive Droite: 1, 2, 3, 4, 8, 9, 10, 11, 12, 16, 17, 18, 19 e 20

⇒ Rive Gauche: 5, 6, 7, 13, 14 e 15

onde-ficar-em-paris-bairros

Saiba como é cada bairro da capital francesa

Agora que você já entende como os bairros estão organizados, vou contar as características deles. Calma, que logo mais eu revelo os melhores bairros para se hospedar em Paris. 😉 

 

BAIRROS DO CENTRO

Na área central de Paris estão os seguintes arrondissements1, 2, 4, 5, 6, 7, 8 e o sul do 9. De modo geral, são bairros agradáveis e mais movimentados, pois é nessa região que ficam muitos pontos turístico.

O 1.º arrondissement é a região do Museu do Louvre e do Palais Royal. Também pega uma parte da L’Île de la Cité, onde está a Sainte-Chapelle. No 4ème, está o bairro Le Marais, super descolado e com muitos restaurantes e bares. Uma ótima opção para se hospedar, pois está em uma região central e com fácil acesso ao transporte público.

bairros-de-paris-rive-gauche

O 5ème é o Quartier Latin, região dos intelectuais e onde está a famosa universidade Sorbonne. Área bem turística, com bons restaurantes e muitas opções de hotel.

Do lado do Quartier Latin, está o 6ème, com Saint-Germain-dés-Prés e o delicioso Jardim de Luxemburgo. É considerada uma região mais chic, assim como o 7° arrondissement, onde está a Torre Eiffel. São áreas bastante procuradas pelos intelectuais e artistas.

No 8 fica a avenida Champs-Élysées e o Arco do Triunfo. Por fim, o 9 é onde está o Ópera e o paraíso das compras, com as Galeries Lafayette, Printemps, Zara, H&M e várias outras lojas.

 

bairros-de-paris-7eme

BAIRROS NOBRES 

Os bairros 7, 8 e 16 são mais nobres, com pessoas de poder aquisitivo mais alto. São lugares onde empresários, investidores, pessoas da aristocracia e herdeiros vão escolher para morar. No 7 você tem a Torre Eiffel como já comentei antes e o 16, região do Trocadéro, é considerado um lugar cosmopolita.

Da mesma forma, os bairros 5 e 6 são bairros nobres de Paris e mais intelectuais. Isso se deve ao fato que existem vários artistas, celebridades e intelectuais vivendo nessas áreas. A região oeste do 17, um pouco mais afastada do centro, é considerada uma região elitista também.

 

bairros-descolados-de-paris

BAIRROS MAIS DESCOLADOS

Os bairros mais descolados eram os mais populares e com preços mais em conta. Atualmente, são bairros que estão ganhando mais atenção, principalmente, pela galera jovem – hype e hipster – que procura diversão fora da rota turística.

Na região do Le Marais e Haut Marais (3° e 4°), você encontra, uma população bem diversificada, muitas galerias de arte, bares e restaurantes. Na área do Canal Saint-Martin, entre o 10 e o 19, está o parque Buttes-Chaumont e um canal que, durante o verão, fica lotado de parisienses curtindo o dia entre amigos.

A região de Belleville (19 e 20), anos atrás, tinha fama de ser um bairro de imigrantes e um lugar perigoso. Entretanto, hoje em dia está atraindo parisienses e aqueles turistas que querem fugir dos lugares clichés.

Nessa região há muita arte de rua, o que quase torna o lugar uma galeria de arte à céu aberto. Ainda tem as regiões do République (10) e Bastille (entre 11 e 12) as quais são muito descoladas.

 

onde-se-hospedar-paris

BAIRROS DE PARIS PERIGOSOS

De um modo geral, não acho Paris uma cidade perigosa ou violenta. Então ao invés de falar dos bairros mais perigosos, eu prefiro dizer que existem bairros com uma população de baixa renda e que muitas vezes vivem em casas cedidas pelo governo.

Esses bairros geralmente ficam nos limites de Paris e não tem a mesma infraestrutura do resto da cidade. Mas igual ao Brasil, você pode ter bairros mais populares e ainda assim ter coisas interessantes para ver.

Por exemplo o 17 arrondissement, não acho tão legal para se hospedar na parte mais próxima de Porte de Saint-Ouen. Entretanto, outro lado do 17ème, região de Batignolles é muito gostosinha e trendy/hipster.

O mais importante é você não ficar tão longe do centro de Paris, pois é lá que estão os principais pontos turísticos. E estar perto de transporte público, ônibus ou metrô. Assim você ganha tempo e aproveita ainda mais a Cidade Luz. 😉

onde-ficar-em-paris

Onde se hospedar em Paris

É um pouco complicado dizer isso porque cada pessoa tem um estilo próprio, mas vou listar alguns bairros que eu acho interessantes para quem vem à Paris. São bairros com fácil acesso às estações de metrô, não são tão caros, próximos aos pontos turísticos e ainda possuem muitas opções de café, bares e restaurantes:

Quartier Latin ◊ Saint-Germain-des-Près ◊ Le Marais ◊ Bastille ◊ République ◊ Madeleine 

⇒ DICA: caso não se importe de ficar um pouco mais afastado do centro, e queira uma Paris mais bucólica, a sugestão é o bairro de Montmartre.

 

Onde NÃO ficar em Paris

A minha sugestão é evitar os bairros que ficam nos limites de Paris (“Porte de… alguma coisa”), pois são zonas com construções mais velhas e feias. Não houve uma modernização e ainda tem o fato que comentei anteriormente, são áreas mais populares. Algumas regiões que você pode evitar:

Gare du Nord ◊ Porte de La Chapelle ◊ Porte des Lilas ◊ Barbès Rochechouart ◊ Porte de Clignancourt

 

Você já teve alguma experiência em um desses bairros de Paris? Tem alguma sugestão? Me conta!

Se gostou do post, compartilha com os amigos. 😉

Bisous!

 

⇒ LEIA TAMBÉM

Roteiro Paris 3 dias: Itinerário completo e muitas dicas

O que fazer no inverno em Paris e o que levar na mala

47 respostas

  1. Eu me hospedei no Marais e foi ótimo. Fácil acesso de metrô e ônibus. Muitos restaurantes pra conhecer. Estava sozinha e me senti super segura.

    1. Oi Jana! Ah vc ficou em um dos meus bairros favoritos. Adoro Le Marais! =)
      Obrigada por compartilhar sua experiência aqui! Bisous!?

  2. Excelente post !!! Fiquei na Square Vermouze esquina com a Rue Mouffetard, adorei !! Ótima infra estrutura de restaurantes, mercados, cafés, lojas, cinemas e fácil acesso a metro e ônibus ! Sem falar que é um charmosa e pitroresca ! Super indico !! Retornava sozinha dos passeios a noite de metro ou a pé tranqüilamente ! Maio/2016

    1. Oi Eve! Fico feliz que gostou do post. =)
      Ah, você ficou em uma região muito gostosinha mesmo. Obrigada por compartilhar a sua experiência aqui em Paris. Bisous!?

  3. Olá,

    Preciso de ajuda. Estou a tentar planear a minha viagem a Paris mas estou super confusa.
    Vou para o aeroporto Beauvais e depois apanho o bus que me deixa no bairro 17. Isso já percebi…. ,Lol. Depois vi um pequeno apartamento com bom preço para 4 noites no bairro 12. Pode me ajudar? Estou muito longe do centro? E do bairro 17 ao 12 é muito longe. Estou preocupada com a viagem de regresso, é bem cedo.
    Tenho receio de ir perder muito tempo em viagens para conhecer Paris e não aproveitar nada :-(.

    Helpppppp…..

    Rita

    1. Olá, Rita! Como vai?
      Olha a grande vantagem de Paris é que nada fica muito longe ou de difícil acesso, pois há metrô e ônibus.
      Então pode ficar tranquila. 😉

      Bisous!

  4. Olá Rafa!
    Estou programando minha viagem sozinha para Paris e fiquei confusa ao ler que ‘Gare Du Nord’ é uma região perigosa, visto que fica entre os arr 9 e 10, citados anteriormente como bairros seguros… Ou ‘Gare Du Nord’ se refere apenas à região da estação? Estou em duvida em 3 hotéis, em 3 localidades diferentes: St Christopher’s Inn Paris (Rue de Dunkerque,5, próxima à rue la Fayette), Generator Paris (Place du Colonel Fabien, na mesma pracinha em que se encontra a estação, no arr 10), e Le Regent Hostel Montmartre ( Rue Boulevard Rochechouart, 37, próximo à estação de Anvers no arr 9). Qual dessas 3 localidades você indica por ser mais seguro? Tem alguma que devo evitar totalmente por haver riscos? Lembrando que estarei sozinha, e farei o percurso do metrô até o hotel sozinha no final do dia. Muito obrigada por esclarecer minhas dúvidas!

    1. Olá Arielle, td bem?
      Como disse, é complicado generalizar, pois até mesmo as áreas consideradas “menos seguras” podem ter uma parte boa.
      Geralmente, os arredores das estações de trem não são regiões muito legais.
      Dentre as três opções, eu evitaria apenas segunda que é mais próxima das estações de trem. 😉

      Abaixo, algumas dicas de hospedagem em bons lugares:
      Hotéis baratos em Paris: Os melhores com diárias de até 120€

      Airbnb Paris: Seleção com os melhores apês por até 90€

      Bisous!

  5. Olá! Muito legal seu post.

    Estou planejando ano novo em Paris, mas com orçamento limitado, planejando ficar em casa do Airbnb.

    Só se encaixam no meu orçamento casas em lugares fora dos arrondissements (no mapa, do lado de fora do círculo amarelo).

    Esses locais já estão fora de Paris? São perigosos?

    Se você souber de alguma área dessas que seja melhor que as outras, ficaria grato.

    Obrigado pela atenção.

    1. Olá Rafael,
      Olha, depende muito da área fora. Geralmente as fronteiras chamadas “Porte” não são simpáticas, mas saindo mesmo de Paris (sem ficar muito longe) já melhora.
      O mais importante é você procurar um lugar com fácil acesso aos transportes públicos.

  6. Ola,

    Td bem? Amei todas as suas dicas.Sensacional! Pesquisei e li bastante matérias, mas seus comentários são claros e bem resumidos. Ja morei em Paris ha muitos anos atras para estudar. Agora estou indo com vaias casais com crianças então o ritmo e diferente. Adoraria ficar em um bairro mais descolado como Le Marais, mas não sei se com crianças ele fique meio distante das atrações de quem vai pela primeira vez e quer conhecer a Torre, o Arco, etc… E também gostaria de saber se você conhece alguma empresa de motorista para nos transportar pela cidade e ate para nos levar a lugares mais distantes, ja que iremos com crianças e em janeiro, época muito fria.
    Obrigada. Beijos!

    Virginia

    1. Oi Virginia, tudo bem?
      Fico muito feliz que gostou das minhas dicas. =)
      Pode ficar no Marais sem preocupação. Apesar de ser um bairro mais jovem, está perto da linha 1 que te leva para os principais pontos turísticos.
      Infelizmente não tenho um motorista para indicar, mas recomendo o Uber que super funciona bem aqui.

      Bisous!

  7. boa noite. o que vc acha do st Christopher’s in canal? fica na rue crimée 159…

    1. Olá Marina,
      Não o conheço, mas parece estar em uma boa região.

      Bisous!

  8. Rafa, temos algo em comum,,,somos Paranaense(atualmente moro em São Paulo) com destino á Paris..kkkk(risos)
    Só que você esta anos luz…. , pretendo conhecer Paris junto com meu filho em Agosto 2018. E dar uma esticadinha em Londres.
    Qual sua sugestão para esta esticadinha de quatro dias em Londres(trem, ônibus ou avião)?
    Não abusando da sua boa vontade, dicas para hospedagem?
    Porque Paris, vou pesquisar La Marais ou Mercury.
    Agradeço sua gentileza e atenção
    Bisoussssssss * *

  9. Olá, estou indo em Abril e estou em dúvida sobre a região 11, que você disse que é Bastile. É perto dos pontos turisticos?

    1. Oi Michelle,
      Bastille não está do lado dos principais pontos turísticos, mas é uma boa região. O importante é estar perto de uma estação de metrô, pois você chega rapidinho onde quer visitar. 😉

  10. Oi Rafaela! Muito obrigada por criar este blog estou AMANDO!
    Meu sonho de princesa é conhecer Paris e ele vai se realizar em setembro ???? e ainda vou junto com meu amor! Enfim, tô cagada na sorte, mas não no dinheiro, kkkkkk então Rafa me dê umas indicações de restaurantes, padarias, bares etc bons e baratos porque amoo comer e houvi dizer que a comida em Paris é divina.

    Bjss

  11. Oi Rafaela, adorei teu blog, tô viajando nele aqui!
    Estive em Paris em dezembro de 2016, fiquei no tim hitel no arr 17, como n conhecia nada, gostei da proximidade do metrô, irei.novamente em maio, pensei em.ficar no mesmo hotel, mas depois que li teu artigo, fiquei meio assim, talvez outro lugar, achei um bairro de imigrantes o arr 17, legalzinho,mas n tinha nada p ver à noite. Irei com minha mãe e meu pequeno, gostaria de uma sugestão tua, de hotel… obrigad

    1. Oi Larissa,

      Dependendo de onde ficar no 17, pode ser bacana. Mais próximo do Marché de Batignolles é uma região boa, com bares e restaurantes. Tem até um café que eu gosto muito, o DOSE. 😉

  12. Ola, Rafaela!
    Estarei indo a Paris em setembro (lua de mel) e estamos pensando em nos hospedarmos no Novotel Paris Gare de Lyon. Vi que não ha muitos comentarios sobre esse local. Você acha que é uma boa opção?

  13. Fiquei no Gare du Nord e NÃO RECOMENDO a ninguém! É centralizado, mas é mal frequentado. Aluguei um studio bem decorado, minimalista e novo, porém de cara ficamos impressionados com a porta blindada, que nos deu a impressão de ser um local perigoso e era mesmo! Na segunda noite fomos parados por dois homens, que nos pediam dinheiro. Meu marido negou. Eu pedi, que ele desse alguma coisa e o tipo começou a querer me agarrar para me beijar. Eu dava distância, mas ele atacou um beijo na minha testa e começou a querer me beijar mais… meu marido começou a ficar irritado eu pelei de medo dele caír na briga com dois homens fortes, por isso tentei me mostrar tranquila! Sei que na tensão acabei falando em italiano, com o meu marido e foi a nossa sorte!!! Por que um desses homens era um siciliano e o outro um grego. Ele quando viu que meu marido era italiano aí mudou a agressividade, mas continuava querendo pegar mim, dizendo que eu era bonita e querendo sentir o meu perfume. Eu me afastava, com diplomacia e me controlando para não me irritar e não entrar em pânico devido ao medo!Eu estava com MUITO medo! Nossa foi um pesadelo! Sem falar que fomos parados por uma drogada do leste europeu, tb agressiv, que tb pedia dinheiro e um outro que pediu para pagar hambúrguer. Presenciamos brigas feia na rua e o povo nos encarava muito!!! A maioria das pessoas do bairro eram africanos ou de origem, não sei! Tinha muita gente direita, mas também tinha muita tensão. Achei, que Paris é uma bomba relógio. Foi a sensação, que tive e ficou.

  14. Tentaram me assaltar levando meu celular que estava na minha mao…pois usava o google maps na saida do metro port de versalles…3 caras mal encarados trombaram comigo e puxaram meu celular da minha mao!!!! Por sorte nao conseguiram pois segurei forte! O mais impressionante eh que eu olhei para eles encarando com cara feia e eles voltaram!!! Tipo …essa eh a minha area e o que vc esta olhando feio p nos! Surreal

  15. estarei chegando a Paris dia 14/6/2018 desembarcando em Gare du Nord ,tenho que pegar o Metro Linha 4 e saltar em Rèaumur-Sebastepol e seguir até Gallieni em Porte Bangnolet pela linha 3.Este percursso é perigoso??Qual o tipo de tickt de metro devo comprar?

  16. Olá!!
    Minha amiga e eu estamos indo a Paris por quatro dias e reservamos um hostel no arr. 18. Nós não sabiamos sobre as regiões de Paris e acabamos reservando sem reembolso. Você acha que é muito perigoso? Estamos ao lado da Estação Le Chapelle.

    1. Oi, td bem?
      Olha, não vou dizer que é como a imagem que temos dos bairros perigosos do Brasil, mas o que posso afimar é que não é a parte mais simpática de Paris.

  17. Olá!!! Seu post e divino. Nossa!! Amei. Estou no 17 hotel abrial. Não estou me sentindo segura de sair sozinha. O que vc pode me dizer a respeito. Essa noite acordei as duas da manhã com barulho bem alto. Parecia tiro. Sonhei tanto com essa viagem com meu marido e estamos muito receosos do lugar. Deveríamos ter visto isso antes né?o que o pouco dinheiro nos gsz☹️

    1. Oi Lana,
      Olha mesmo no 17 tem áreas boas, como Batignolles que eu adoro.
      Não fica tão assustada assim, não chega a ser um perigoso igual do Brasil. Se tiver receio de sair a noite, chama um táxi ou um Uber e vai de boa =)

  18. Olá Vou viajar a Paris e ficaremos no 11

    Umas ruas a baixo do bataclan.
    Posso considerar uma zona segura para estar com os meus filhos?
    Ficaremos 4 noites.
    Obrigada

  19. Olá, Rafaela. Porte De Montmartre é contra-indicado? Encontrei um ibis por lá, e achei o preço muito bom… Mas depois de ler seu post, me desanimei…

    1. Oi Sabrina,
      Não digo que é contra-indicado, mas sim, evitaria essas regiões que delimitam Paris. Sem contar que fica mais afastado do centro e você vai depender de transporte para visitar a cidade.

  20. Oi Rafaela, Vou em outubro e sozinha, ficarei no 14º, na Rue de L’Espérance. Pretendo fazer muito passeios a pé. Você acha seguro para uma mulher sozinha?
    A noite tenho que tomar muito cuidado e evitar sair a pé?

    1. Katia,
      Aqui é muito mais seguro que o Brasil, e você pode andar sozinha a noite.
      Mas sendo mulher sempre bom ficar de antenas ligadas. Nunca se sabe né?! Malucos tem em toda parte =(

      Espero ter ajudado.
      Bisous

  21. ola ritinha eu vou a paris em dezembro e reservei hotel no 13 achas que devo de alterar?

  22. ola rafa! vou a paris em dezembro e reservei hotel no 13 achas que devo de alterar? Fica ao pé de Porte d’Ivry no hotel lodge in achas que devo alterar?

    1. Oi Joana,

      Como comentei no post, aconselho sempre a região mais central de Paris. Mas dá uma olhadinha no Google Street View e avalia se tá ok para você ou não. 😉

  23. Olá Joana.
    Obrigada por compartilhar esse post conosco, realmente ele é bem explicativo.
    Me ajude por gentileza.
    Me chamo Suélem e vamos para Paris passar natal e reservamos Appart’City Paris Clichy – Mairie, na 17ª.
    Como é essa região? Podemos ficar tranquilos.
    Um super beijo e obrigada.

    1. Oi Suelem
      Embora esteja na região intramuros de Paris, é uma área tranquila. A única coisa é que você vai depender de transporte público para fazer os passeios e também terá menos opções de bares e restaurantes.

  24. Olá Rafaela, gostei muito do seu blog! Ótimas dicas! Estive em março em Paris e Londres e pretendo voltar em março do ano que vem! Gostaria de cometar que fiquei no bairro Cambrone, o qual gostei muito da localização! Fiquei no Ibis Torre Eiffel, praticamente em frente a uma estação do metrô! Amei a região, tem de tudo próximo e sem contar que da para ir à pé a Champ de Mars e Esplanede des Invalides! Fiz toda essa região do Sena à pé! Sem contar que próximo existe uma estação do metrô (Bir-Hakein) que faz conexão com a estação Tour Eiffel, onde se consegue pegar o RER para Versailles! Abraços..

  25. Oi Rafa, vou ficar no hotel reseda em bagnolet a 100 metros do metrô. Ouviu dizer que há muitos mendigos na estação Gallieni, é um bairro feio e que turistas não veriam estar nessa área. Vc concordaconcorda com isso? Não quero ir para Paris e ser assaltado! Um abraço

    1. Oi Eduardo,
      Não conheço muito essa região, mas sei que está fora de Paris então vai depender de transporte público.
      Se você quiser ver a Paris dos sonhos, minha sugestão é ficar em uma região mais central.

  26. O site de vcs é maravilhoso. Se tivesse lido antes de ir, teria feito melhores escolhas! Mas fica pra proxima vez!!!!!

  27. Olá Rafaela. Estou pensando em me hospedar no novotel suites paris expo porte versailles. Fica em um bairro afastado?

Para dúvidas, comentários, sugestões ou só para dar um Oi mesmo:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *